A (FALSA) guerra contra o Papa Francisco

02-01-2018 22:33

 

                         

 

 

 

Ultimamente temos visto a mídia a reportar uma suposta guerra no Vaticano contra o Papa Francisco. Mas será que essa guerra existe mesmo ou é mais uma manobra mediática por parte das elites para levar as pessoas a crer que o Papa é alguém perseguido por algumas “forças ultraconservadoras” dentro da igreja católica?

 

A promoção mediática de Francisco

 

Desde que este Papa tomou posse que a mídia o tem promovido como nunca promoveu outro antes.

Citando uma das fontes da mídia corporativa portuguesa como exemplo:

 

"A sua modéstia e humildade fizeram dele uma figura popular por todo o mundo”

Fonte: A guerra contra o Papa Francisco

https://www.publico.pt/2017/12/24/sociedade/noticia/a-guerra-contra-o-papa-francisco-1796423

 

 

Modéstia, humildade, compreensão amor, altruísmo, etc, etc, foi o que toda a mídia corporativa se esforçou para promover neste Papa, mas como bem sabemos na mídia qualquer um pode ser um herói, principalmente um bom ator alinhado na agenda de quem a domina. E promover alguém na mídia é a coisa mais fácil do mundo, mas que infelizmente resulta perfeitamente nas massas que acreditam em tudo que veem na TV...

Este Papa sempre disse o que o povo gosta de ouvir, isto aliado a uma campanha mediática que só promove palavras bonitas e supostos atos de caridade deste padre jesuíta. Ninguém parece duvidar que tudo isso é meticulosamente planeado para agradar ao povo. Mas para um verdadeiro cristão, crente nas escrituras, este Papa se mostrou o mais dissimulado e perigoso Papa de todos os tempos com uma nítida agenda illuminati.

 

 Um verdadeiro lobo em pele de cordeiro

 

 

Escondendo-se por trás de Jesus, muito falando neste e algumas vezes usando a sua palavra, ele progressivamente foi misturando verdades do evangelho com mentiras satânicas promovendo a futura religião ecuménica da Nova Era, que será a base da religião da Nova Ordem Mundial.

O processo para atingir este fim é relativamente simples pois a humanidade está de tal forma alienada às manobras da elite que a controla que basta ter a mídia do seu lado promovendo atos de caridade, falar muito em amor, compreensão, tolerância e apoiar liberalidades, ainda que estas sejam consideradas um pecado na Bíblia.

 

 Descontextualizando passagens bíblicas, uma das máximas de Francisco é dizer: "Quem sou eu para julgar?", tendo mesmo escrito um livro com esse tema. Mas o Papa esquece é que a Bíblia julga o pecado e o condena e caso ele verdadeiramente representasse Jesus informaria sobre esse julgamento e não o desvalorizava com frases como essa que incentivam o pecado e não o arrependimento

 

Jamais Jesus se comportou desse modo, ele ensinou o verdadeiro Amor e deu provas disso quando decidiu morrer por uma humanidade que o rejeitou, mas jamais usou duma indulgência frouxa para com o pecado, alertando seriamente sobre as consequências deste. O pecado é sempre pecado e não é uma sociedade com baixos valores morais e altamente permissiva a comportamentos desviantes como a atual que vai mudar isso, A LEI DE DEUS É ETERNA, PERFEITA E IMUTÁVEL, por muito que isso custe a alguns.

 

Mas sobre estas atitudes do Papa Francisco já muito escrevemos, dando provas do que acima expusemos, relembrando para os interessados alguns importantes artigos:

 

 

1) O vídeo do Papa Francisco, ecumenismo e a religião da Nova Ordem Mundial

 O ecumenismo tem sido um dos bastiões do Papa Francisco, igualando Jesus a Buda, Maomé, etc, fazendo crer que toda a religião é semelhante. Uma suposta "tolerância" é usada para unir pela mentira, mas o cristão verdadeiro prefere estar dividido pela verdade, que unido pela mentira. Veja provas e saiba mais:

 

 

2) Papa classifica “fundamentalistas” como “inimigos de Deus”. Mas quem são os "fundamentalistas" para o Papa? A religião ecuménica da Nova Era (act.)


  http://www.nunes3373.com/news/papa-classifica-%e2%80%9cfundamentalistas%e2%80%9d-como-%e2%80%9cinimigos-de-deus%e2%80%9d-mas-quem-s%c3%a3o-os-%22fundamentalistas%22-para-o-papa-/

 

 

3) Papa afirma que pessoas sem Deus (ateus) vão para o céu

A Bíblia é clara, apenas pecadores arrependidos que aceitem Jesus têm a salvação garantida, mas o Papa diz que não é preciso acreditar em Deus para ir para o céu...

Saiba mais:  www.nunes3373.com/news/a-hipocrisia-de-francisco-i/

 

 

 

4) Papa Francisco NEGA Bíblia e Jesus confirmando a “teoria da evolução”

 Jesus confirma o relato bíblico da criação, mencionando os primeiros seres humanos como Adão, Eva, Abel, Nóe, etc como criação única e original. Mas o Papa diz que "Deus não é mágico" e o homem não foi criado pronto, mas que evoluiu até a sua forma atual. Veja provas e saiba mais:

  http://www.nunes3373.com/news/papa-francisco-nega-biblia-e-jesus-confirmando-a-%e2%80%9cteoria-da-evolu%c3%a7%c3%a3o%e2%80%9d/

 

  

 

5) ESCÂNDALO! Papa Francisco manda prender Núncio em casa? Condenação ou Encobrimento de pedófilos? (Toda a verdade e os contornos escondidos deste caso) (act.)


 http://www.nunes3373.com/news/esc%c3%a2ndalo%21-papa-francisco-manda-prender-nuncio-em-casa-condena%c3%a7%c3%a3o-ou-encobrimento-de-pedofilos-/

 

 

 

6) Papa Francisco e a agenda Gay da Nova Ordem Mundial

 http://www.nunes3373eb.com/news/o-papa-francisco-e-a-agenda-gay-da-nova-ordem-mundial/

 

 

 

7) O envolvimento assumido do papa Francisco I com sociedades secretas (act.2)

 Papa Francisco é membro assumido do clube Rotary, uma sociedade paramaçonica, mas as suas ligações à maçonaria não se ficam por aí, saiba mais:

 http://www.nunes3373.com/news/o-envolvimento-assumido-do-papa-francisco-i-com-sociedades-secretas/

 

 

Isto só para dar alguns exemplos dos “mal contados” que envolvem este Papa e das suas duvidosas ligações, para nem falar de termos tido altos cargos próximos ao Papa, como o seu número 3, envolvidos em acusações de pedófilia:

 

Cardeal George Pell, ‘número três’ do Vaticano, acusado de abuso sexual de menores

http://observador.pt/2017/06/29/cardeal-george-pell-numero-tres-do-vaticano-acusado-de-abuso-sexual-de-menores/

E tivemos ainda um dos conselheiros do Papa envolvido em orgias gay no Vaticano regadas a drogas:

Polícia do Vaticano interrompe orgia gay em apartamento de conselheiro do Papa

https://www.dn.pt/mundo/interior/policia-do-vaticano-interrompe-orgia-gay-em-apartamento-da-igreja-8615510.html

 

 

Claro que ninguém pode querer ser tão ingénuo a ponto de achar que pessoas tão próximas ao Papa têm estes comportamentos e que ele não o sabia, principalmente quando o Vaticano tem um serviço de informações mais evoluídos do mundo, controlando todos os movimentos dos membros mais próximos ao Papa.

Mas sobre estas coisas já muito escrevemos, o que neste artigo nos interessa comentar é esta suposta guerra contra o Papa no interior da igreja católica.
 

 

Existe realmente uma guerra interna contra o Papa?

 

 Guerra ou farsa?

 

 

Inventando um enredo de inimizades dificil até de entender (para que não seja fácil perceber a farsa), a mídia insiste em dizer que existe uma ala ultraconservadora dentro do Vaticano que odeia o Papa, ala esta encabeçada pelo cardeal americano Raymond Burke (o interessante é que essa ala "ultraconservadora" não se parece importar com os pontos que acima elencamos, mas sim com questões bastante menos importantes...). Mas Burke e o Papa têm algo em comum: A Ordem de Malta
 

A Ordem de Malta 

Mas todo o enredo espremido facilmente se percebe que tal rede de intrigas é toda construida no seio da Ordem de Malta, sendo o Cardeal Burke o seu atual patrono, tendo este sido mesmo nomeado para esse cargo pelo próprio Papa Francisco (1). A mídia insite em desvalorizar o poder desta ordem mas quem a investiga devidamente percebe que nas suas fileiras temos das elites mais influentes do mundo, inclusive a realeza britânica, tendo esta ordem claras ligações à maçonaria. Para quem quiser saber mais da mesma ver:
 

A Ordem de Malta, o Vaticano e as suas ligações maçónicas

http://www.nunes3373.com/news/o-sinistro-banco-do-vaticano-e-a-ordem-de-malta/
 

 Francisco e Burke, ambos com ligações à Ordem de Malta

 

 

Sendo assim para nós toda esta suposta intriga é uma fabricação para o exterior cozinhada dentro da Ordem de Malta com a supervisão dos satânicos jesuítas (que são o topo da pirâmide da rede de sociedades secretas) de quem o Papa é membro.  Uma grande farsa que inventa rivalidades dentro de uma ordem dominada por mestres da mentira que tem apenas como objetivo dramatizar e vitimizar o Papa. E porquê?
Porque muito possivelmente a saída deste Papa está para breve e poderá até ser simulado uma renúncia extemporânea ou qualquer outra coisa “estranha” para que a sua saída o torne ainda mais uma vitima duma suposta estrutura conservadora e que impediu as suas supostas reformas liberais e anti-Bíblicas. Ou então criar uma cissão interna de tal ordem que leve à destruição dos verdadeiros valores cristãos para a chegada das satânicas filosofias New Age da Nova Ordem Mundial.

 Os ímpios muito se agradarão da chegada da Nova Era satânica que numa fachada de "amor" dirá exatamente o que eles desejam ouvir.

 

 

Não devemos esquecer que muito provavelmente após o Papa Francisco chegará o caos, a queda da igreja católica atual e logo como solução final será introduzido o derradeiro Falso Profeta, exatamente com a mesma teologia do Papa Francisco. Assim uma saída “estranha” de Francisco, e que o torne uma vitima ou mártir, será ouro sobre azul para os planos das elites que legitimarão as posições ecuménicas do Papa como a suposta "verdade”. Assim o Papa Francisco serve de precursor e preparador para a chegada da derradeira mentira: A religião ecuménica da Nova Ordem Mundial e a tomada de posse do Anticristo
Tudo isto está a ser preparado nas sombras e a mídia com estas notícias de supostas “guerras internas” apenas prepara o caminho para o que se avizinha e que há muito está sendo planeado pelas elites. Também para maiores pormenores sobre este assunto ler:
 

Papa Francisco e a profecia do último Papa revisitada - Papa sinaliza saída (act.2)

 
www.nunes3373.com/news/papa-francisco-e-a-profecia-do-ultimo-papa-revisitada/

 Os jesuítas (irmandade do Papa Francisco) sob o disfarce de serem cristãos, são os verdadeiros mentores e organizadores de toda a rede de sociedades secretas existente, seja a maçonaria, ordem de Malta e mesmo os illuminati

 
Esta é sem dúvida uma manobra inteligente por parte das elites satânicas e que enganará a muitos que querem ignorar as evidências. Por isso mesmo recomendamos ao leitor a estudar a fundo estes assuntos e a duvidar de tudo que a mídia corporativa controlada pelas elites avança sobre o Papa Francisco, até porque pelo teor das informações que vemos surgindo já deve estar para breve algo de grande que o envolve e que poderá dar início a uma nova era para o Vaticano e também para a humanidade.
 
Bem-aventurados serão vocês, quando os odiarem, expulsarem e insultarem, e eliminarem o nome de vocês, como sendo mau, por causa do Filho do homem.
"Regozijem-se nesse dia e saltem de alegria, porque grande é a recompensa de vocês no céu. Pois assim os antepassados deles trataram os profetas.

Lucas 6:22,23
 

Referências:

(1) Confirmada a nomeação do Cardeal Burke para a Ordem de Malta
rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=1&did=168129