A Linhagem Sanguínea do Anticristo (Parte 1) – A prova cabal

11-01-2013 12:22

                                             

Com esta publicação damos início a uma sequência de artigos que analisam a origem histórica das linhagens do cristo e do anticristo.

Como todos os leitores sabem, eu tenho um eleito a ocupar o cargo de líder da Nova Ordem Mundial, também conhecido para os cristãos como o Anticristo. Uma das pistas que podem ser seguidas para a sua identificação é a genealogia, isto porque qualquer estudioso bíblico sabe que as correntes supostamente judaicas que rejeitam Jesus como messias, afirmam que o futuro messias (para os cristãos o anti messias) será da linhagem da casa do rei Davi, da tribo israelita de Judá.
Jesus correspondia a todos esses requisitos, mas fariseus, escribas e saduceus, os que se diziam doutores da lei da sua época, recusaram aceitar o seu discurso de verdade e justiça, pois não era conveniente aos seus interesses de poder e também financeiros.
Eles não tinham argumentos válidos para recusarem o facto de Jesus ser da linhagem de Davi, mas recusaram ser ele o messias, de qualquer das formas o ”seu” messias também terá de ser da linhagem da casa Davídica, para quem quiser saber mais:

A figura do Messias no Judaísmo e no Cristianismo

http://www.mfa.gov.il/PopeinIsrael/Portuguese/Figura_do_Messias_no_Judaismo_e_no_Cristianismo.htm
Ora, se temos um candidato, vamos então estudar a sua genealogia e ver o que ela nos diz, pois o mundo judaico/sionista, que domina a alta finança do mundo só poderá aceitar um messias da linhagem sagrada ou neste caso profana…
Vamos então analisar a linhagem de William Arthur Philip Louis Windsor.
Comecemos pelo nome Windsor, ao estudar a genealogia da família real inglesa, ficamos a saber que este nome é mais ou menos recente e foi utilizado pela coroa britânica para disfarçar as suas origens germânicas, afinal não dá muito jeito alemães a reinar em Inglaterra.

“Jorge V do Reino Unido mudou o nome de Saxe-Coburgo-Gota para Windsor em 1917, temendo a onda de germanofobia causada pela Primeira Guerra Mundial(1914-1918).”

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Casa_de_Saxe-Coburgo-Gota

 A rainha de Inglaterra é então descendente da linhagem germânica Saxe-Coburgo-Gota:

“A rainha Isabel é descendente da casa alemã de Saxe-Coburgo-Gota (Sachsen-Coburg-Gotha), que herdou o trono britânico após a morte da rainha Vitória (da casa de Hanôver), em 1901.”

Fonte:  http://pt.wikipedia.org/wiki/Isabel_II_do_Reino_Unido#Ascend.C3.AAncia 
Também podemos ver no wikipedia que a linhagem destes senhores, foi desde os tempos antigos a linhagem da realeza de vários países europeus, que se diga de passagem responsável por tantas guerras, esclavagismo, tortura e tudo de mau que se possa conceber, não é a toa que o próprio príncipe Carlos já afirmou orgulhosamente ser descendente de Vlad Tepes, o empalador, a personagem que deu origem ao mito de Drácula:

Príncipe Charles confessa ser parente de Drácula

http://portuguese.ruvr.ru/2012_11_06/93663661/

Mas e quanto às origens dessas linhagens?
Na segunda parte veremos exactamente qual a origem mas por agora vamos analisar o que eles nos tentam passar sobre eles mesmos.
Da parte paterna do nosso candidato a informação não é muito precisa, mas é interessante saber que existem vários sites na internet, que afirmam que a linhagem Saxe-Coburgo-Gota é uma linhagem originária do próprio rei Davi, ou seja existem rumores de tal fato:

Queen Elizabeth II -- A Daughter of Destiny!

http://www.hope-of-israel.org/QE2destiny.html

Adam to H.M. Queen Elizabeth II

http://www.hwacompendium.com/lineage.html
Esta suposta linhagem nunca foi recusada pelos monarcas britânicos, aliás é promovida por eles, mesmo que sem provas:

“A antiguidade e a mística do judaísmo atrai muita gente. São vários grupos em todos os continentes que observam práticas judaizantes. Normalmente clamam uma descendência judaica obscura e impossível de confirmar. Como é o caso do Israelismo Britânico no Reino Unido, que dizem ser descendentes das tribos perdidas de Israel e que a família real britânica é descendente de David”

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Judaizantes
Mas não é a ascendência paterna do meu eleito nem rumores que me levam a escrever este artigo.
É a linhagem materna, a da falecida princesa Diana Spencer que nos dá a prova cabal, que William será o messias maçon.
Já todos ouvimos falar por intermédio do famoso livro e filme O código da Vinci de Dan Brown, que sociedades secretas protegem um suposto segredo que é a linhagem sagrada de Jesus, essa linhagem é identificada por Dan Brown como a linhagem Merovíngia;

Dinastia Merovíngia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Merov%C3%ADngios

 

Mas Dan Brown não foi o único a avançar com esta mentira tão propagandeada pelos mídia de Hollywood, como veremos mais à frente outros membros de sociedades secretas vieram com essas historinhas da carochinha clamando que os merovíngios, eram a descendência da antiga tribo Davídica de Judá, embora não exista nenhuma prova histórica ou arqueológica de tal fato.

Mas então o que é que a família Spencer tem a ver com os merovíngios?

Vejamos o seguinte link do wikipedia, sobre uma suposta linhagem sanguínea de Jesus Cristo, lá como podemos ver uma parte aborda esta suposta descendência merovíngia como a descendência sagrada. Também podemos ler, quais as famílias que hoje pertencem a essa linhagem merovíngia;

“The notion of a direct bloodline from Jesus and Mary Magdalene, and its supposed relationship to the Merovingians (as well as their alleged modern descendants: House of Habsburg, Grand Ducal Family of Luxembourg, Clan Sinclair, House of Stuart, House of Cavendish, House of Bourbon, House of Orléans and other noble families)”

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Rex_Deus
e assim encontramos a chamada “ House of Stuart” ou “House of Stewart” como lá é referido.
Vejamos alguma informação sobre essa casa:

House of Stuart explained

Se abrirmos o link dessa "House of Stuart" e examinarmos a sua página, podemos ler o seguinte:

Present-day

“ Also, once he becomes king, Prince William, Duke of Cambridge will be the first British Monarch to have descended from Charles I for 300 years since Queen Anne, as his mother, Diana, Princess of Wales descended 5 times from the Stuart kings from the lines of both Charles II and James II.”

everything.explained.today/House_of_Stuart/

Ou seja é dito que a falecida princesa Diana é descendente da casa de Stuart e que William será em 300 anos o primeiro monarca a derivar desta linhagem.

Resumindo, temos da parte paterna quem diga que os Saxe-Coburgo-gota são descendentes do rei Davi e por parte de mãe temos aqui a prova cabal e irrefutável como a sua família refere pertencer à linhagem Merovíngia propagandeada pelas sociedades secretas como a linhagem sagrada, não podia ser melhor…
Já agora dou também mais dois exemplos de como e além do promovido Dan Brown outros promovem esta tese, vejam por exemplo que no livro:

O Santo Graal e a Linhagem Sagrada

http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Holy_Blood_and_the_Holy_Grail
É também vendida esta farsa da linhagem sagrada ser a da dinastia merovíngia.
Refira-se que por exemplo um dos seus autores Michael Baigent é um maçon assumido de alto grau e director da revista maçónica Freemasonary today:

“A Freemason and a Grand Officer of the United Grand Lodge of England, he has been editor of Freemasonry Today since April 2001, which he has used as a platform for a more liberal approach to Freemasonry.[3] He is a trustee of the Canonbury Masonic Research Centre.[4]”

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Michael_Baigent

 

E ainda no livro do escritor e também ele assumido membro de sociedades secretas, Laurence Gardner, podemos ler:

A linhagem do Santo Graal

“O termo derivava imediatamente como uma tradução de Saint Grail e das antigas formas San Graal e Sangréal. A antiga Ordem do Sangréal, uma Ordem dinástica da Casa Real Escocesa de Stewart, era diretamente aliada à continental Ordem Europeia do Reino de Sion, e os cavaleiros de ambas as Ordens eram adeptos do Sangréal, que define o verdadeiro Sangue Real (o Sang Réal) de Judá: a A Linhagem do Santo Graal.”

Fonte: http://www.luzdegaia.org/downloads/livros/diversos/A_Linhagem_do_Santo_Graal_Laurence_Gardner.pdf
 
Sendo assim, segundo estes mentirosos o príncipe William como descendente destas casas é praticamente um puro-sangue Davídico.
 Como já afirmei no passado estas supostas descendências Davídicas são parte da farsa das sociedades secretas satânicas, para que o mundo aceite o anticristo como o messias, e na hora da sua coroação o que aqui foi exposto será utilizado como prova da sua linhagem sagrada, e tal como no filme o código Da Vinci, o Vaticano apesar de estar feito com toda esta farsa e ser parceiro de conspiração da maçonaria, como já várias vezes demonstrei, será muito provavelmente o bode expiatório de um suposto encobrimento desta mentira maçonica.
Ver:

O código de DaVinci DESCODIFICADO; O plano mestre de satanás

http://www.nunes3373.com/news/o-codigo-de-da-vinci-descodificado-o-plano-mestre-de-satanas/

 

O Vaticano será acusado de ter sonegado esta farsa e toda a gente que deseja recusar a verdade ficará contente e disposta a aceitar a mentira conveniente, aliás diga-se que no livro de Laurence Gardner essa teoria envolvendo o Vaticano é também abordada.
Com testes de DNA falsificados ou mesmo com a possível obtenção, clonagem e posterior impregnação do óvulo da falecida princesa Diana com DNA do sudário de Turim, que como sabemos já foi classificado pela ciência como sobrenatural e que é detido por eles há vários anos, mas que só recentemente e convenientemente foi divulgado ao público:

DESCOBERTA DO MILÉNIO: SUDÁRIO DE TURIM É VERDADEIRO

http://www.nunes3373.com/news/descoberta-do-milenio-sudario-de-turin-e-verdadeiro/
veremos então como estas teorias maçónicas de ligações sanguíneas de William à casa de David parecerão fazer sentido.
Coloco neste ponto duas questões, para reflexão, ao leitor que ainda pode ter algum cepticismo relativamente à veracidade e autenticidade da Bíblia:

Em primeiro lugar, o porquê das famílias que governam o mundo e as sociedades secretas que o controlam se preocuparem tanto com as linhagens sanguíneas bíblicas?

Em segundo lugar, se quando virem toda esta farsa a se tornar realidade, continuarão a duvidar do que aqui foi exposto?

Então, para mim é bem claro que o anticristo será da linhagem da casa de Stewart, desta forma e aliando ao que já escrevi no artigo:

21-12-2012 VS A BÍBLIA...e o fim dos tempos (Parte 4) - O livro do Apocalipse/A segunda Besta - O ANTICRISTO

http://www.nunes3373.com/news/a21-12-2012-vs-a-biblia-e-o-fim-dos-tempos-parte-4-o-livro-do-apocalipse-a-segunda-besta-/
 
William é sem dúvida o mais forte candidato, sem esquecer o fato da análise da profecia apocalíptica do último papa que se estiver correta terá de ser mesmo William, pois Francisco I não vai esperar pela sua prole:

Papa Francisco e a profecia do último Papa revisitada (act.)

http://www.nunes3373.com/news/papa-francisco-e-a-profecia-do-ultimo-papa-revisitada/

 

Tudo isto aliado ao que assistimos atualmente no mundo, como esta crise, que promete destruir o sistema financeiro atual e a implementação da marca da besta:

21-12-2012 VS A BÍBLIA...e o fim dos tempos (Parte 6) - As consequências da marca da besta

http://www.nunes3373.com/news/a21-12-2012-vs-a-biblia-eo-fim-dos-tempos-%28parte-6%29-as-consequ%c3%aancias-da-marca-da-besta/
Com a gravidez de Kate apareceram alguns teóricos tentando dizer que o futuro rebento é que será o anticristo, mas por tudo o acima enunciado isso no meu entender são só mais manobras de diversão.
Na próxima parte analisaremos qual a origem destas linhagens profanas.
Continua...