Artigo 13 da Nova Ordem Mundial - A CENSURA legalizada

14-12-2018 11:55
                         
 
 
Recentemente tivemos o primeiro ato de censura às nossas matérias por parte da maior rede social do planeta, o facebook. Os contadores de gostos das nossas matérias anteriores foram removidos externamente pelo próprio adthis do Facebook, não sendo possível fazer mais likes das nossas matérias e, quando partilhadas, também já não apresentam pré visualização recebendo muitas delas a mensagem de URL não reconhecido. Como poderão constatar neste mesmo artigo, embora tenhamos colocado um widget externo, a contagem de likes não funcionará devidamente (depois de dar o like passando algum tempo verá que ele simplesmente desaparecerá).
 

 Mensagem de erro obtida pós publicação

 
 
E como é evidente estas medidas têm o claro objetivo de minimizar as visualizações e impedir o partilhamento de forma a impedir a leitura das matérias por parte de novos leitores. 
Não somos inocentes e já sabíamos que devido ao teor das nossas matérias e os alvos apontados, era só uma questão de tempo até que redes sociais controladas pelas elites, como é o caso do facebook, nos censurassem de alguma forma. Finalmente aconteceu, sendo que, como veremos, este é apenas mais um passo no plano futuro de silenciar toda a oposição que tenham na internet.

 

O Artigo 13 da União Europeia e o início do controlo de conteúdos

 
 
A união europeia é totalmente dominada por governos maçónicos que estão progressivamente a legislar de forma a empurrar os cidadãos para um controlo absoluto das suas vidas, ainda que estes nem sequer percebam... 
O polémico artigo 13 de uma diretiva europeia sobre a internet é um recente exemplo do que poderá ser já o primeiro passo para a censura à liberdade de expressão na web.
 
O que é o artigo 13?
 
O artigo 13 faz parte de um plano de reforma sobre direitos autorais que tem validade nos países que compõem a união europeia. O projeto apesar de ser de certa forma desconhecido e praticamente omitido pela mídia sofreu uma intensa campanha contrária por internautas. Mas de nada adiantou pois já recebeu aprovação e brevemente será totalmente implementado.
Basicamente o artigo 13 determina que plataformas online filtrem uploads de conteúdo para combater a violação de copyright, sendo que isso obrigará que as plataformas façam filtragens automáticas para não violar os direitos sobre conteúdos. Não haverá ninguém no mundo que seja contra os direitos de autor, nem tão pouco ninguém quer ver o seu trabalho apropriado por outro. Mas será que esta lei está disfarçada de boas intenções mas pretende sim limitar a liberdade? Vários criadores de conteúdos afirmam que sim e que passamos do 8 ao 80.
A verdade é que por traz desta capa de suposta proteção de direitos autorais existe algo bem mais sinistro. Segundo os especialistas tais como Tim Berners-Lee (o pai da web) e Jimmy Wales (fundador da Wikipédia), que estão entre os 70 nomes influentes que criticaram a proposta em carta aberta, afirmam que para eles a lei criará mecanismos de vigilância e controle automatizado dos usuários.
Mas a controvérsia vai além disso. Existe o temor de que a lei seja usada de alguma forma para remover da web publicações que fazem criticas a governos, candidatos ou partidos políticos. Alem disso teme-se que a web seja dominada por conteúdo de corporações que detêm grande parte dos direitos autorais. Se conteúdo legítimo acabar sendo barrado por conta de excessos na filtragem, pode-se então ter uma situação de censura.
 
Artigo 11: taxas sobre links
 
O artigo 11 é outro ponto polémico da proposta, embora venha recebendo menos atenção. Essencialmente ele determina que plataformas online paguem uma espécie de taxa ou licença para disponibilizar links para notícias com pequenos trechos destas.
Ora como é óbvio tudo isto poderá limitar fortemente sites e blogues como o nosso, que se baseiam em análise ás noticias da midia corporativa obtidas de forma livre na internet.
 

O objetivo

Limitando conteúdos com base em direitos autorais é quanto a nós uma farsa que a médio prazo pretende sim restringir e censurar matérias e sites que se oponham ao sistema, ou seja o nosso site e todos os que se assemelham têm na verdade os dias contados. Eles começam com leis supostamente inofensivas e com uma suposta capa de justiça, mas depois usam e abusam das mesmas apenas e só para o seu beneficio.
Esta é uma censura disfarçada de proteção de direitos do cidadão, este é um pequeno exemplo do que será a “informação” da Nova Ordem Mundial. Ou seja só passa o que eles permitem, o resto será silenciado, veja vídeo no final para entender melhor o assunto e veja as referências (1).

 

Notícias falsas - Fake news

 
 
Outra área que a união europeia está prestes a legislar é a questão das notícias falsas.
Comissão Europeia quer mais legislação contra notícias falsas
https://observador.pt/2018/04/24/comissao-europeia-quer-mais-legislacao-contra-noticias-falsas/
 
Eles basicamente afirmam que notícias falsas influenciam a opinião pública e, por motivos de segurança, este tipo de notícias terá de ser restringido. Mas isto é mais uma falácia e uma forma de censura, porque afinal tudo que se lhes opor, evidentemente será rotulado de notícia falsa e censurado. 
Num regime de liberdade de expressão cabe ao cidadão que lê as notícias verificar as fontes e analisar a veracidade das mesmas e não aos governos decidirem o que é falso ou verdadeiro!
Para nós esta questão das notícias falsas é mais um típico exemplo de problema-->reação-->solução, neste caso eles mesmos inventam notícias falsas, inicialmente promovem-nas, depois dizem que são um problema, legislam e depois censuram tudo o que não lhes interessa.
Resumindo, se na TV e mídia corporativa já só vemos o que lhes interessa, tudo se prepara para que também na internet brevemente tudo se passe da mesma forma.

 

Censura nunes3373 no facebook

 

 
Já sabíamos e tínhamos afirmado que na verdade o facebook é uma ferramenta usada pelas elites para vigilância. Isso foi também confirmado por Edward Snowden:
Edward Snowden afirma que o Facebook é uma “empresa de vigilância”
https://observador.pt/2018/03/19/edward-snowden-afirma-que-o-facebook-e-uma-empresa-de-vigilancia/
 
Sendo assim o que se passou foi totalmente por nós expectável. Claro que só se censura o que incomoda e uma vez que os nossos artigos eram meros artigos de opinião só podemos concluir que este tipo de opinião só pode representar um perigo para as elites que controlam o facebook.

Perigoso porquê?

Perigoso porque num sistema que governa pela mentira, desinformação e controle mental das populações, dizer a verdade é um grande problema. Desmontar as farsas por eles fabricadas e denunciá-las nas suas próprias redes sociais é algo que eles não podem tolerar e dessa forma irão progressivamente inventar leis que limitem a liberdade de expressão.
As elites têm fabricado nas sombras problemas mundiais para que possam trazer ao mundo a sua Nova Ordem Mundial como a solução esperada, eles não esperam ter nenhuma oposição quando agirem, ora a denuncia de tais planos de uma forma tão expositiva como a que aqui tentamos fazer é algo que pode atrapalhar os seus planos.
As elites têm como alvo uma total adesão humana à Nova Ordem de forma a “legitimamente” reivindicarem perante Deus este planeta como governo satânico, isto é pelo menos o que eles pensam ser possível, mas também eles são tolos enganados, levados pela cobiça e pelo poder.
Satanás, o seu mestre, sabe que tal não será possível, mas mesmo assim os engana de forma a conseguir destruir o maior número de almas possível, este é na verdade o seu grande e único objetivo e para isso a ignorância humana sobre os seus planos, até que aconteçam, é de primordial importância.

 

A guerra é esta!

 
 
Por isso é tão importante divulgar os seus planos, esta é a nossa verdadeira guerra, uma guerra de informação não armada, a nossa arma é unicamente expor a verdade! Esta é uma guerra pela justiça, esta é uma guerra pela verdade!
Fomos atingidos, mas não desanimamos, iremos tentar arranjar forma de continuar a divulgar os nossos conteúdos e pedimos a todos os leitores que gostem do nosso trabalho, e que se oponham às ditaduras informativas, que façam o mesmo. Enquanto nos for possível iremos continuar a fazê-lo aqui, mas pelos recentes acontecimentos não esperamos ter ainda muito mais tempo para continuar, mesmo no nosso próprio domínio.
Por isso pedimos ao leitor que divulgue o mais possível estes assuntos e que fale sem medo pois isso é realmente o que eles temem e querem evitar. Dessa forma além de alertarmos mais pessoas, também ganhamos mais almas e assim os atingimos onde mais lhes doí. É muito importante conseguirmos ainda que muitos tenham conhecimento de todo o plano illuminati antes que aconteça para que assim as pessoas possam decidir em consciência o caminho  que querem seguir, Isso possibilitará também ter uma organização de resistência e ao mesmo tempo limitar o tempo de governo do Anticristo. Quantos mais pedirem a intervenção divina, mais cedo tudo terminará.
Sendo assim, lute, divulgue, fale a todos sobre estes assuntos pois eles querem o nosso silêncio, não lhes daremos  então o que eles desejam!
 
 
Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados.
Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;


2 Coríntios 4:8,9

 

Referências

 
(1) A DIRETIVA QUE ESTÁ A DEIXAR A INTERNET PELOS CABELOS
 https://www.novagente.pt/artigo-13-o-que-e-diretiva-que-esta-deixar-internet-pelos-cabelos