Dan Brown, o profeta de Satanás EXPOSTO (Parte 2) – Origem: O Transumanismo da Nova Ordem Mundial

27-10-2017 16:07

             

 

Veja primeiro:

Dan Brown, o profeta de Satanás EXPOSTO (Parte 1) - O Código DaVinci DESCODIFICADO (act.2017)

http://www.nunes3373.com/news/o-codigo-de-da-vinci-descodificado-o-plano-mestre-de-satanas/
 
Agora que já abordamos o romance o Código Da Vinci, o grande impulsionador da fama de Dan Brown, e que, como vimos no artigo anterior, é também uma cartilha satânica de credibilização do futuro líder que governará a Nova Ordem Mundial, iremos neste artigo analisar o tema do novo livro “Origem”. 
O tema deste novo livro é, como veremos, de grande relevância para entender qual o esquema filosófico que será imposto na Nova Ordem Mundial. Mas acima de tudo estudaremos a pessoa de Dan Brown, alguém que tem tentado em seus romances reescrever toda a história conhecida com uma nítida agenda anticristã.
 

Dan Brown e as suas simpatias pela maçonaria

 
 
Toda a obra de Brown demonstra um perfeito conhecimento tanto do funcionamento interno de sociedades secretas, assim como do papado e da Opus Dei, sendo várias as conotações maçónicas e de ocultismo em toda a sua obra (1). A história do tema de Brown para o Código Da Vinci ñão foi nenhuma novidade. O livro Holy Blood, Holy Grail - O Santo Graal e a Linhagem Sagrada, dos autores Michael Baigent, Richard Leigh e Henry Lincoln já abordava as mesmas teorias.

 Muda a capa mas a história é a mesma

 
No caso de "Holy blood, Holy Grail", Michael Baigent, o principal autor, era um maçom católico romano e grande oficial da Grande Loja unida da Inglaterra. Toda a teoria da descendência de Jesus através de uma linhagem de “Sangue Real” Merovíngio protegida pelo Priorado de Sião é baseada neste livro de lendas maçónicas e não em fatos reais. Você pode saber mais sobre este assunto em:
 
A Linhagem Sanguínea do Anticristo (Parte 1) – A prova cabal

 http://www.nunes3373.com/news/a-linhagem-sanguinea-do-anticristo-parte-1-a-prova-cabal/

 

Mas Brown é maçom ou não?

 
 
A obra de Brown tem raízes maçónicas tão fortes que este teve que vir negar publicamente ser maçom, sendo que a própria maçonaria publicamente o convidou a tornar-se membro. Mas nós não acreditamos nisso. Para nós a sua negação e convite maçónico são apenas uma manobra de diversão destes senhores, para quem mentir é a coisa mais fácil do mundo. 
Simbologia
Sabemos que os maçons se identificam com uso de simbologia, o próprio Brown o admite, e a verdade é que no próprio site oficial de Dan Brown vemos simbologia maçónica e até um conhecido lema maçónico pode ser lido claramente: ORDO AB CHAO - Ordem através do caos.

 Simbologia e lema maçonico/illuminati no site oficial de Dan Brown, veja: danbrown.com/#books-section

 
 
Seja como for Brown não esconde as suas simpatias à maçonaria, em entrevista ao jornal inglês Independent, Brown afirma:
 

"Eu ficaria honrado em ser um maçom"

 

"Não tenho mais que admiração por uma organização que reúne pessoas de diferentes religiões, que é o que eles fazem".

 

"Em vez de quererem dar um nome a Deus, usam símbolos de modo a unir a todos".

Fonte: The Freemasons' Code: Dan Brown reveals the message that told him the door to the lodge is open
http://www.independent.co.uk/arts-entertainment/books/news/the-freemasons-code-dan-brown-reveals-the-message-that-told-him-the-door-to-the-lodge-is-open-8625968.html
 
Vemos que pública e declaradamente Brown nutre simpatias por uma seita ocultista que secretamente tem estado envolvida em tudo de mais sinistro que a humanidade já viu, trabalhando apenas pelos melhores interesses dos seus membros em detrimento do resto da humanidade (pois quem faz as coisas para o bem de todos não tem necessidade de reunir em secreto). E como vimos Brown deixa ainda a pista dos símbolos como dica para a sua identificação maçónica. Na verdade símbolos maçónicos e até satânicos não faltam em seu site oficial e em toda a sua obra, pelo que para nós é evidente a ligação maçónica de Brown ou então a alguma outra sociedade secreta com ela associada, como os RosaCruz ou mesmo os illuminati.
A verdade é que só um maçom, ou seu protegido, poderia ter tanto mediatismo na divulgação de suas obras. As elites maçónicas dominam a mídia e com isso promovem apenas quem lhes dá jeito, no caso de Brown a promoção à sua obra é máxima.
 
ORIGEM - “A humanidade não precisa mais de Deus”
 
E como um bom anticristo maçónico, Brown na apresentação do seu novo livro “Origem” tem a petulância de afirmar que “A humanidade não precisa mais de Deus” (2).
E no fundo este é o grande objetivo do seu novo romance, um ataque direto e desta vez sem máscara ao Criador e mais uma vez (como sempre) também à fé cristãUsando sempre da falácia de colar a fé cristã ao catolicismo e seus dogmas, coisa que nada tem haver, Brown tenta com esse truque mental básico atingir (mais uma vez) as bases do cristianismo, seu alvo principal. Não vemos Brown a atacar mais nenhuma religião como ataca o cristianismo bíblico em toda a sua obra.
 

Brown e sempre o ataque ao “cristianismo contrafeito”

 
Satanás é astuto e criou um “cristianismo contrafeito" no catolicismo de forma a que seus lacaios pudessem atacar a Bíblia e Jesus de forma indireta. É fácil fazer do decrépito catolicismo um alvo, pois este realmente é uma farsa que apenas se esconde atrás da Bíblia para sujá-la. Mas essa colagem católica ao cristianismo bíblico só poderá enganar os ignorantes nas escrituras, pois tudo o que Jesus disse e fez é antagónico a tudo que o catolicismo faz. 
 

Quem é o "deus" de Brown?

 
Segundo Brown Origem foi inspirado pela pergunta “Será que Deus sobreviverá à ciência?”. “Será que somos ingénuos hoje por acreditar que o Deus do presente sobreviverá e estará aqui em cem anos?”, disse Brown em entrevista sobre o seu novo livro (2). Claro que Brown se refere ao Deus da Bíblia, e isso é interessante pois essa pergunta tem sido feita ao longo de toda a história humana e aqueles que no passado afirmavam que Deus desapareceria, esses sim já desapareceram, mas Deus e a Bíblia continuam presentes e firmes, pelo que Brown será apenas mais um nessa lista de “profetas” falhados.
Mas o mais interessante é que Brown diz que não se identifica com o cristianismo, mas não se afirma como ateu...pelo que é óbvio então, qual é  afinal o seu deus e o porquê de toda a sua agenda anticristã (3).
 

Ciência VS Religião

 
Em “Origem” Brown tenta mais uma vez arranjar um pseudo-conflito entre ciência e , ele promove o conflito entre o criacionismo divino e o evolucionismo científico (semi) ateísta, como se apenas este último fosse uma certeza e se pudesse chamar “ciência”.
 

Vida: Acaso ou inteligência?

 
Mas Brown ainda assim demonstra em "Origem" um paradoxo evolucionista terrível. Apesar de tentar passar a ideia que a vida pode surgir meramente de processos naturais, ele admite num diálogo entre dois personagens (Langdon e Ambra Vidal) que existem códigos informativos por trás dos parâmetros da natureza, nomeadamente no DNA, e que isso implica a existência de inteligência por trás da construção do mesmo.
Mas isso é exatamente o que os criacionistas defendem e que por muito que custe aos evolucionistas ateus é uma evidência científica. E é por isso que existem cada vez mais cientistas acreditando na existência dum design inteligente criacionista por trás do universo (mas não é esse o objetivo deste artigo tendo várias matérias neste mesmo site sobre o assunto).
Mas então o que procura Brown em demonstrar esse paradoxo evolucionista?
Para nós é evidente que Brown deseja afirmar a “evolução” como certeza, pois isso é importante, como veremos, para a agenda das elites. Mas acima de tudo Brown quer retirar o Deus Bíblico da equação da criação, substituindo-o por algo tipo uma inteligência coletiva alienígena ou um tipo de panteísmo semi-ateísta com supostas criaturas superiores (mestres ascensos) na linha das filosofias New Age.
Brown deixa essa questão em aberto, mas para nós é evidente onde ele quer chegar...
 
A “evolução” de Brown é o Transumanismo da Nova Ordem Mundial
 
Em diversos artigos neste site já abordamos o Transumanismo illuminati, pois bem em “Origem” Dan Brown nos faculta um autêntico tratado transumanista.
 

O que é o Transumanismo?

 
O criacionismo bíblico define o homem como uma obra finalizada por Deus e biologicamente perfeita, o evolucionismo transumanista quer vender a ideia de uma "evolução" humana futura, agora para um misto entre o biológico e o tecnológico que, com recurso à Inteligência Artificial (AI.), possa permitir a esse novo “homem-máquina” atingir a imortalidade.
Brown não podia ser mais claro afirmando:
A humanidade não precisa mais de Deus, mas pode desenvolver uma nova forma de consciência coletiva, com a ajuda da inteligência artificial, que cumpra a função da religião “
Fonte (2)
Como sabemos a Nova Ordem Mundial trará uma nova religião que será imposta à humanidade desconstruindo as existentes (outra ideia deixada também em “Origem”). Essa religião será ecuménica e terá como base as crenças panteístas (Anti-Deus Criador) do budismo e agora muito em voga nas disciplinas esotéricas da Nova Era (New Age) que são a grande base da futura Nova Ordem Mundial
Além disso será vendida essa suposta “evolução” humana, um último passo evolutivo entre o biológico e o tecnológico que lhe permita vencer a morte., o chamado Transumanismo.

  A última mentira de Satanás será igual à primeira: "Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis."

Gênesis 3:4

 
Recomendamos o seguinte artigo para quem quiser saber mais do tema:
Transumanismo Illuminati, Papa, teoria da evolução e A Marca da Besta (Parte 2) – A Marca da Besta (act.)

http://www.nunes3373.com/news/transumanismo-illuminati%2C-papa%2C-teoria-da-evolu%C3%A7%C3%A3o-e-a-marca-da-besta-%28parte-1%29-%E2%80%93-transumanismo-e-a-marca-da-besta/
 

Brown, um profeta...de Satanás

Ora Brown não poderia estar mais alinhado com tudo isto preparando os seus leitores para a maior mentira que o ser humano já viu. Ele é um autêntico “profeta de Satanás” preparando as massas, de uma civilização alienada e que não valoriza Deus, para a Satânica Nova Ordem Mundial que está a ser montada nas sombras.
Assim como nas crenças New Age, um Deus criador simplesmente não existe, nesta filosofia se vende uma suposta evolução humana para a tal “consciência coletiva” apoiada em Inteligência artificial (AI.) que Brown apregoa como o futuro da humanidade. O conceito de “consciência coletiva” é também inspirado na lema da filosofia New Age: “Somos todos um” e em que Jesus seria apenas um “mestre evoluído”, mas jamais o Filho de Deus (teoria que ele já avançou no “Código Da Vinci).
Mas essa “consciência coletiva” humana é mais uma verdadeira falácia, pois será que algum dia a luz poderia ter alguma associação com as trevas, ou será que quem serve a luz poderia se associar a quem serve as trevas numa mesma consciência?
 

O Plano satânico da Nova Ordem Mundial introduzido às peças

Brown e seu mestre Satanás, com toda a sua astúcia, sabiam que teriam que introduzir estes seus conceitos de forma romanceada e livro a livro, assim vão preparando suavemente o subconsciente das massas para a sua futura aceitação. Brown, apoiado pela máquina de promoção da mídia, foi lançando estes conceitos de forma clara, sendo que o primeiro e o último, nomeadamente o Código Da Vinci e a Origem, são das partes mais importantes de todo o plano da Nova Ordem Mundial. Se no “Código Da Vinci” Brown deu uma imagem meramente humana a Jesus como se este fosse apenas mais um “mestre” ao estilo da filosofia da Nova Era, na Origem, por sua vez, vemos todo o modelo em que será assente o conceito religioso e filosófico da Nova Ordem Mundial: O Transumanismo ecuménico!
 

Conclusão

 
Vimos neste artigo como Brown baseia a sua obra nas doutrinas da maçonaria e a declarada simpatia que nutre por essa organização que secretamente trabalha contra os melhores interesses da humanidade.
Sobre o seu último livro “Origem”, vimos também que Brown lança a ideia que a mudança tecnológica e o desenvolvimento da inteligência artificial transformarão o conceito do divino destruindo a Deus. Para Brown o Deus da Bíblia - o seu grande alvo de ataque - não serve para nada e não terá lugar no futuro. A promessa de elevar o homem a um deus imortal, a mesma que Satanás contou a Eva no jardim do Éden, é a mesma mentira que hoje é contada por Brown no seu novo livro, iludindo os seus fãs que infelizmente acham que Brown baseia seus livros em fatos e investigação real, mas a verdade é que baseia sim nas filosofias maçónicas satanistas com o intuito de os destruir.
E se você gostava da leitura dos livros de Brown, não se sinta mal por isso. O satanismo usa de várias táticas cativantes e aliciantes para atrair o homem para a sua armadilha mortal. Mas agora você já sabe a verdade e como sempre é livre para escolher em quem acreditar: Se no milionário simpatizante maçónico Dan Brown ou se em Jesus que morreu para libertá-lo deste sistema mentiroso e lhe dar, esse sim, a VIDA ETERNA!
 
 

Nota Final – José Rodrigues dos Santos

Aproveitando este tema gostaríamos ainda de alertar os leitores portugueses para um outro escritor “acólito” de Dan Brown que em seus romances nos vende, usando as mesmas estratégias literárias, exatamente a mesma ideologia maçónica de Brown. Na verdade a sombra de Dan Brown paira ao longo de todo o trabalho de JRS e os ataques infundados e análises erróneas à Bíblia e a Jesus por parte deste senhor são também frequentes em toda a sua obra. Esta  estratégia de ter “escritores satélite” a corroborar os escritos dos seus mestres localmente é bem vulgar nas sociedades secretas. Aliás, estes senhores certamente não se acusam de plágio porque servem interesses mais altos e não a si mesmo, porque as ideias dos livros são praticamente as mesmas.
 Dan Brown e JRS 
 
Pois bem mas JRS e Dan Brown no vídeo do próximo link, onde se juntam na Quinta da Regaleira em Sintra (a quinta mais maçónica de Portugal), não escondem o seu conhecimento e simpatias maçónicas. Veja o vídeo da reportagem e reparem como eles demonstram conhecimentos maçónicos, falando mesmo no chamado Grande Arquiteto do Universo (GADU) - O deus maçom...que é Satanás:

Dan Brown andou pela Regaleira com José Rodrigues dos Santos

www.rtp.pt/noticias/cultura/dan-brown-andou-pela-regaleira-com-jose-rodrigues-dos-santos_v1035032
 
"Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios desejos juntarão mestres para si mesmos.
Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos."

2 Timóteo 4:3,4
 
 

Referências:

 
(1) Uma resposta Bíblica, Davinci Pagão por Rev. Thomas J. Euteneuer Human 
artigoscristaostraduzidos.wordpress.com/2017/10/21/first-blog-post/
 
(2) Consciência coletiva substituirá Deus, diz Dan Brown
br.reuters.com/article/entertainmentNews/idBRKBN1CH27B-OBREN
 
(3) Da Vinci Code Author Dan Brown Says He Has Abandoned Christianity, but Is Not an Atheist
 www.christianpost.com/news/da-vinci-code-author-dan-brown-says-he-has-abandoned-christianity-but-is-not-an-atheist-204122/