Homo Naledi - Comprovada mais uma fraude evolucionista

03-01-2018 21:29
           
 
Em 2015 foi apresentado ao mundo com toda a pompa e circunstância por toda a mídia corporativa um novo suposto ancestral humano, mais um elo perdido evolucionista: O Homo Naledi
Ora nós, já acostumados a estas coisas, logo na altura e mesmo sem termos ainda acesso a estudos mais aprofundados sobre a descoberta, avisamos que esta seria muito certamente mais uma fraude evolucionista apoiada pela máquina mediática illuminati que promove tudo que tenta mostar que o homem é um ser que evoluiu de espécies inferiores não tendo sido criado originalmente. Para quem quiser ler o que escrevemos na altura, veja (1)
 

 E agora (como veremos) o Homo Naledi é mais um a acrescer à lista...

 
 
Mas agora, ao fim de 3 anos, já temos resultados sobre a análise aos ossos da espécie “homo naledi” e tal como previmos anteriormente estamos mais uma vez na presença de um macaco que a mídia logo se apressou a classificar como uma espécie ancestral do homem, mais um "elo perdido" fracassado...
 
Você pode ler o artigo traduzido na integra aqui com as fontes:

O que é o Homo Naledi?

https://artigoscristaostraduzidos.com/2017/12/15/o-que-e-o-homo-naledi/
 
No artigo acima estão citadas as fontes das análises e as conclusões, mas resumindo foi descoberto que os agrupamentos de Homo naledi estão mais próximos de Australopitecos e Paranthropus e dão suporte adicional para a ideia de que o Homo naledi não é um membro do holobaramin (tipo humano), mas sim é uma espécie de macaco, muito provavelmente um australopiteco.
 

Esta foi a capa da revista National Gegraphic de outubro 2015, com o título em letras garrafais: “Almost Human”, ou seja, “Quase Humano”...Agora nem comentam ou falam sobre estes novos testes que classificam o homo naledi como mais um macaco.

 

Aqui vemos mais uma vez como a lenda da teoria da evolução das espécies é construida com base em suposições e mentiras que apressadamente a mídia apresenta como verdades absolutas. O que não deixa de ser interessante é que a mesma mídia que promove as teorias evolucionistas como “grandes descobertas” fazendo máxima promoção, nem sequer comenta o assunto em notas de rodapé quando novos testes são feitos e invalidam totalmente as teses evolucionistas propostas inicialmente. Essa é mais uma prova como existe um lobby das elites satânicas que controla toda a mídia corporativa com uma nítida agenda, promovem o que lhes interessa e silenciam o que lhes é inconveniente e a logo a verdade.
Tanto é assim que muitos ainda não sabem sequer que o australopiteco Lucy (que tanto foi promovido como o “elo perdido”) já foi desconsiderado e é apenas mais um macaco que nada tem a ver com o homem.
 

A famosa Lucy que foi fortemente apregoada como o "elo perdido" pelos evolucionistas é agora apenas mais um austrolopiteco, ou seja um "macaco" e não tem ligação nenhuma ao genero humano. Na foto vemos como lucy foi apresentada na mídia corporativa e ao seu lado como a verdadeira lucy era. Assim se vê a desonestidade intelectual desses senhores.

 

E então, qual é o veredicto sobre H. naledi? 

Pesquisa detalhada mostra que não é mais do que outra espécie de macaco extinto – outra versão de Lucy. Não há ancestrais “quase humanos”, apenas humanos e macacos – dois tipos separados – assim como Deus os criou há cerca de 6.000 anos atrás. 
 

 De acordo com os evolucionistas o homem (homo sapiens) tem existido por 190,000 anos antes que ele começasse a deixar registos escritos cerca de 4,000 a  5,000 anos atrás. Então o homem pré-histórico construiu monumentos megalíticos, desenhou belas pinturas nas cavernas e manteve as fases da lua mas aguardou 2 mil séculos antes que pudesse desenvolver a habilidade para registrar a história? É necessário ter menos fé para preferir o relato Bíblico...

 
Existem realmente algumas espécies tais como os Neandertais e os crânios alongados que são espécies distintas mas contemporâneas com o homem moderno pelo que nada provam uma evolução de espécie. Sobre estes saiba mais em (2). 
 
Crânios alongados, um tabu evolucionista pois não se encaixam nas suas teorias
 
Assim temos mais uma vez a prova de como a teoria da evolução é uma ferramenta de desinformação por parte das elites que dominam a mídia acobertados por uma comunidade cientifica evolucionista que insiste em não querer ver, apesar das evidências, negando o Criador e logo sempre inventando e reformulando teorias mas nunca chegando À VERDADE!
 
 
"Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos."

Romanos 1:21,22
 

Referências:

 
(1) Homo Naledi - Macaco ou homem? (act.3)

http://www.nunes3373.com/news/homo-naledi-mais-um-macaco-promovido-a-homem/
 
(2) Neandertais, Cro-magnon ou Nefilins? (Parte 1 – Os conhecidos)-Actualização 2017

Ler mais: http://www.nunes3373.com/news/neandertais-cro-magnon-ou-nefilins-parte-1-os-conhecidos-/
Crânios alongados - Nefilim, o DNA confirma mutações não humanas
 http://www.nunes3373.com/news/cr%c3%a2nios-alongados%2c-o-dna-confirma-que-n%c3%a3o-eram-humanos-/