Illuminati, Sionistas, são eles verdadeiramente judeus? O reino de Edom

19-07-2018 11:59
                   
 
No campo da investigação da Nova Ordem Mundial muitas são as teorias de quem realmente é o topo da hierarquia da conspiração. Fala-se nos illuminati, maçonaria, Bilderberg,etc, existem ainda outras teorias que tendem a ir um pouco mais longe e culpam povos ou raças especificas, por exemplo os judeus ou muçulmanos, como sendo os verdadeiros mentores da trama. E é verdade que de certa forma todos eles podem estar direta ou indiretamente envolvidos, mas na realidade muitas organizações ou grupos são apenas cortinas de fumo inventadas pelos verdadeiros conspiradores. Aliás esta é uma estratégia pensada e planeada de forma a culpar inocentes ou idiotas úteis para que sejam bodes expiatórios, escondendo assim os verdadeiros culpados.
E se algumas organizações como a maçonaria e o clube Bilderberg são realmente parte ativa e consciente na montagem da trama, outros são apenas fantoches manipulados nas mãos destes grupos.
 
Mas ultimamente têm vindo a surgir várias teorias que tendem acusar os judeus como os verdadeiros culpados, dizendo mesmo que os chamados Illuminati são todos de origem judia/semita, mas como veremos também isso é mais uma mentira destes últimos. Iremos então neste artigo um pouco mais afundo de forma a identificar de onde etnicamente surgiram os chamados “illuminati”.

 

Illuminati e Sionismo

 
 
Mas então as linhagens das famílias chamadas illuminati, estão elas ligadas a alguma raça ou grupo étnico especifico?
Na verdade sim, mas não a um povo vulgarmente conhecido ou falado, pois tem feito de tudo para se manter oculto, e apenas pesquisando as suas raízes históricas e bíblicas podem ser identificados. Mas antes de analisar quem eles realmente são vamos ver no que eles se disfarçaram e qual o movimento político que fundaram para esconder as suas verdadeiras raízes culpando a outro povo que sempre odiaram.
 
Sionismo
 
 
Muitos tendem a culpar os judeus, acusando as linhagens Illuminati de pertencerem todas a este povo, chamando a este movimento de sionismo judaico.
O sionismo é um suposto movimento político que supostamente defende o direito à autodeterminação do povo judeu e à existência de um Estado nacional judaico independente e soberano no território onde historicamente existiu o antigo Reino de Israel (Eretz Israel). 
Parece tudo muito bem mas na verdade este movimento não está atualmente ligado ao verdadeiro judaísmo. Este movimento tem bases em crenças talmúdicas (1) e não bíblicas, surge apenas no século XIX e foi impulsionado pelos Rothschilds (illuminati) e pela realeza britânica (Merovíngios illuminati) que no final da primeira guerra mundial conseguiram tomar posse do território palestino.
 

 Saiba mais sobre a declaração de Balfour em (2)

 
Mas se em alguns pontos o judaísmo e o sionismo se confundem, em seu objetivo final eles são bem distintos e até antagónicos. O sionismo é na verdade uma agenda política dos Illuminati para capturar a área de Israel para o Anticristo, ou seja o seu "messias" satânico. De fato, a agenda deles é governar o mundo a partir de Jerusalém. Isto acontece devido a razões religiosas que fogem do âmbito deste artigo, mas de forma simples digamos que o "messias" satânico quer se apresentar como salvador do mundo a partir de Jerusalém tentando agradar a judeus e muçulmanos e até a supostos cristãos, enganando a todos.
 
 A Cabala como "religião" é de inspiração satânica e é nela que o Sionismo Illuminati assenta.
 
E este movimento tem então vindo a ser orquestrado por uma linhagem que desde há mais de 2000 anos se infiltrou no povo judeu e desde lá com o apoio do ocultismo cabalista satânico o tem dominado. Mas afinal que linhagens são essas?

 

Os Edomitas

 
 
A origem
 
Edom (hebreu : אֱדוֹם, Edom, ʾĔḏôm, "vermelho") é um nome dado a Esaú na Bíblia Hebraica, bem como à nação descendente dele.Os edomitas foram um grupo tribal vizinhos de Judá ao sul, de língua semítica habitantes do Deserto de Negueve e do vale de Arabá do qual é hoje o sul do Mar Morto e vizinho ao Jordão.Edom era o nome secundário ou a alcunha dada a Esaú, irmão gêmeo de Jacó (patriarca dos judeus) (Gên 36:1) Foi aplicado a ele por ter vendido sua primogenitura em troca do cozido vermelho. (Gên 25:30-34) 
Coincidentemente, Esaú, ao nascer, tinha cor bem avermelhada (Gên 25:25), e uma coloração similar predominava em partes da terra em que ele e seus descendentes habitaram mais tarde. A nação de Edom é conhecida por ter sobrevivido aos séculos IX-VIII a.C., e a Bíblia o data muitos séculos antes desses. Provas arqueológicas recentes podem indicar uma nação edomita tão antiga quanto ao séc. XI a.C.. A nação deixou supostamente de existir no decorrer das guerras judaico-romanas mas o povo edomita se manteve a viver no meio dos judeus. Fonte: (3)
 

Uma falsa conversão

 
 João Hircano, 175 a.C.104 a.C.) foi um sumo sacerdote e membro da dinastia dos hasmoneus que governou a Judeia entre cerca de 135 e 104 a.C. (4)
 
 
Segundo o historiador judeu Flávio Josefo em "Antiguidades dos judeus" por volta de 100 a.C, João Hircano  teria convertido os edomitas ao judaísmo, mas na verdade essa foi uma forçada e falsa conversão que apenas permitiu uma infiltração deste povo no povo judeu. Os edomitas eram descendentes de Esaú e Deus havia advertido os judeus a não se misturarem aos edomitas. Em Reis II 25, os edomitas ajudaram os babilónios a destruir o primeiro templo e sempre foram inimigos dos judeus.
Uma vez que Hircano “converteu” os edomitas contrariando as ordens de Deus, eles se tornaram influentes em Jerusalém entre os religiosos judeus como com os escribas e fariseus e com sua astúcia e apoio satânico (eles cultuavam demônios) infiltraram e ganharam até a confiança do governo romano, que dominava a região.
 

Herodes I (5), o rei-cliente do estado judaico que governou quando do nascimento de Jesus (procurando matá-lo) era um edomeu. Aqui se vê como em menos de 100 anos os edomeus infiltraram e dominaram os judeus conseguindo ainda por sua diplomacia política ter o favor do império romano que dominava a região na altura.

 
 
Josefo também sugeriu que muitos fariseus e pessoas influentes eram edomitas. Eles usurparam as posições de topo entre os judeus, e secretamente desejam o seu extermínio.
 

 A estrela de 6 pontas, também conhecida como estrela de Davi, na verdade não tem nada a ver com o Rei bíblico, nem mesmo com o judaísmo. Ela é sim um símbolo ocultista satânico.

 
 
Os edomitas sempre foram pagãos e adoradores de demónios. A estrela de seis pontas era um símbolo usado para esse propósito. 
 
 

A Sinagoga de Satanás

 
 
Na Bíblia, no livro do Apocalipse, é nos dado um alerta sobre os que se dizem judeus mas não são:
 
"Eis que eu farei aos da sinagoga de Satanás, aos que se dizem judeus, e não são, mas mentem: eis que eu farei que venham, e adorem prostrados a teus pés, e saibam que eu te amo."

Apocalipse 3:9
 
E é exatamente às linhagens illuminati que este trecho se refere, eles se dizem judeus mas não são, são sim satanistas edomitas.
Em resumo, desde o tempo de Jesus que as posições de topo entre os judeus são ocupadas pelos edomitas. Enquanto se chamam judeus, eles são na verdade os piores inimigos do povo judeu, tendo inspirado e causado o holocausto (um sacrifício a Satanás). Os edomitas estão por trás dos movimentos aparentemente "judaicos" do comunismo, do fascismo, do ateísmo, do pensamento secular e do moderno sistema financeiro

 O nome Rothschild (uma das mais poderosas famílias illuminati) significa "escudo vermelho" e "Edom" significa vermelho, isso não é uma coincidência.  Veja no final vídeo onde o Dr. Chuck Missler explica os nomes das famílias illuminati e suas origens.

 
 
Assim Edom subverteu os judeus que se tornaram apóstatas e foram eles que posteriormente, com o apoio de Roma, inspiraram a criação do catolicismo romano como forma de monopolizar, corromper e controlar a expansão do verdadeiro cristianismo, que se apresentava nessa altura como uma ameaça para o império romano e ainda mais para Satanás, que controlava o mundo nas sombras.
E ainda hoje eles estão no controlo mundial subvertendo e controlando todos os regimes políticos e religiosos do mundo em suas cúpulas com um único objetivo: trazer o seu “deus” a este mundo e implantar a Nova Ordem Mundial.
 
 
As verdadeiras linhagens Illuminati são Edomitas! E vai todo o caminho até o topo, onde estas linhagens governam diretamente com os jesuítas que são quem controla o domínio espiritual da conspiração satânica. Os jesuítas respondem diretamente ao Papa Negro

 Arturo Sosa é o atual Papa Negro

 
A posição do Papa Negro é a posição de poder real no Vaticano que está oculto. Negro significando escondido ou secreto. Ele é inigualável nesta terra ao estabelecer a ascensão de Satanás ao poder. Ele é literalmente o braço direito de Satanás. Saiba mais sobre ele em (6).


Conclusão

 
Assim, como vimos é errado estar a culpar os judeus como os verdadeiros mentores desta cabala da Nova Ordem Mundial. É verdade que de certa forma por sua apostasia e logo culpa eles se tornaram os bodes expiatórios do verdadeiro povo que domina a conspiração e que na verdade os odeia, os Edomitas. Eles se infiltraram como os fariseus na era de Jesus e ainda dominam a nação "judaica" hoje.
É certo que hoje em dia por intermédio da corrupção e do domínio das sociedades secretas que controlam, os satanistas dominam todos os blocos políticos económicos e religiosos mundiais, pelo que seria errado estar a culpar somente a eles, mas se quisermos ser realmente específicos os edomitas são os verdadeiros controladores.
Na verdade atualmente se formos ao âmago da conspiração, esta é uma trama que transcende raça, cor e até religião, por exemplo relativamente aos judeus hoje nem sequer faz sentido falar em "raça" pois no fim do antigo reino de Israel (135 dc), a maioria do povo judeu foi disperso pelo mundo, muito poucos, restaram pela terras ao redor da antiga Israel. A maioria dos verdadeiros judeus foram dispersos e se misturaram com outros povos, se perdendo sua identidade genética. Já em (2013) o Dr. Eran Elhaik, cientista judeu, demonstrou que a atual nação judia em maioria não tinham sangue e ascendência semita, saiba mais sobre esse estudo em (7).
 
Assim sendo não adianta estar a alimentar preconceitos raciais, antissemitas e xenófobos, pois se o fizermos apenas estamos a alinhar no jogo dos illuminati.
Edom está bem disfarçado e infiltrado em todas as cúpulas políticas e religiosas e em todas as raças e povos existem os que alinham com eles e os que não. Afinal existem "judeus" que hoje aceitam Jesus como o Messias (judeus messiânicos) e supostos cristãos que em sua hipocrisia agem mais como satanistas, pelo que esta “guerra espiritual” transcende raça e cor. È também importante recordar que Jesus era Judeu.
No fundo da questão como já vimos noutro artigo, os verdadeiros orquestradores são satanistas que por sua vez estão inseridos em várias organizações e sociedades secretas de forma a cumprir a agenda de entidades espirituais malignas, vulgo demónios (8).
Se quisermos até ser mais específicos de qual seria a organização mais consciente destes fatos na sua estrutura de poder, podíamos culpar os Jesuítas, que se escondendo por detrás de uma capa ultra religiosa, conservadora supostamente “cristã” levam a sua agenda satânica avante manobrando todos os outros grupos e infiltrando os seus agentes em todas as estruturas de poder terrestre. Tudo sob a batuta de Satanás.
 Os maiores satanistas se dizem sempre cristãos, para sujar o verdadeiro cristianismo
 
Sendo assim devemos sim encarar esta guerra como Luz VS Trevas, e os satanistas são o verdadeiro inimigo do homem tentando implantar um governo satânico, opressor e mentiroso na terra, que apesar de saberem ser temporário acarretará a destruição de muitas almas humanas, coisa que é verdadeiramente o seu real objetivo.
 
Veja ainda no final o vídeo onde o Dr. Chuck Missler explica mais sobre os Edomitas e os globalistas illuminati.


"Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se."

Mateus 10:26
 
 
 

Referências:

(1) Talmude
pt.wikipedia.org/wiki/Talmude
(2) Declaração Balfour (1917)
pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_Balfour_(1917)
(3) Edom
pt.wikipedia.org/wiki/Edom
(4) João Hircano
pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_Hircano
(5) Herodes
pt.wikipedia.org/wiki/Herodes
(6) O PAPA NEGRO (act. 2017)
www.nunes3373.com/news/o-papa-negro/
(7) Estudo revela origem genética dos judeus
noticias.gospelprime.com.br/origem-genetica-dos-judeus/
(8)Satanistas governam o mundo e não os políticos, banqueiros ou chefes militares
www.nunes3373.com/news/satanistas-governam-o-mundo-e-nao-os-politicos-banqueiros-ou-chefes-militares/
 
 
Fontes:
A Linhagem da Serpente: Judeus Edomitas e os Filhos de Caim
http://www.sherryshriner.com/sherry/serpent-seedline.htm
Judeus satanistas (Illuminati) são edomitas
https://www.henrymakow.com/2016/10/Satanist-Jews-are-Edomites%20.html
A Espada de Miguel