O DNA, a existência do criador e a lógica dos evolucionistas

15-07-2014 18:40
                                          
Em pleno século XXI numa era de conhecimento e manipulação genética é para mim inacreditável que a maioria dos seres humanos desconheça por completo (ou na verdade parece não querer conhecer) que o seu DNA é a maior prova da existência de um Criador e coloca todo o "obrigatório" ensino da teoria da evolução em causa.
Nesta era em que já se proíbe o ensino do criacionismo em alguns países ditos de primeiro mundo (1), este paradoxo mostra o quanto a nossa sociedade é regida pela farsa sob o controlo de sociedades secretas.
Mas vamos a dados concretos sobre o DNA e de como à luz do conhecimento atual é logicamente insensato achar que o mesmo surgiu do acaso conforme os evolucionistas ateus nos querem fazer pensar.
E começo por uma notícia que demonstra simplificadamente o que é e o que pode ser feito com o DNA:

DNA poderá ser o novo pen drive de 2,2 petabytes

"Os pesquisadores já sabem faz tempo que o ácido desoxirribonucleico, nome científico do DNA, é uma estrutura que define todas as características do organismo. A novidade é que os cientistas conseguiram usar o código genético para guardar textos, áudios e imagens."
FONTE: info.abril.com.br/noticias/ciencia/dna-podera-ser-o-novo-pen-drive-de-2-2-petabytes-24012013-25.shl
 
E sinceramente acho que não era preciso dizer mais nada, mas ainda assim, a pergunta que cada um deve fazer a si mesmo quando confrontado com esta evidência é:
Como é que “o acaso” criou um sistema de armazenamento de dados do mais evoluído a que hoje temos acesso quando nós, que pensamos, ainda nem sequer o conseguimos entender na sua plenitude?
Para terem uma ideia do que estamos a falar a comparação é mais ou menos esta:
A humanidade demorou pelo menos uns 50 anos para criar um pendrive de 2gb, mais as portas USB, que precisam de várias peças funcionando ao mesmo tempo, mas um graminha de DNA, armazena 2,2 bilhões de gigabytes…
As informações contidas no DNA do tamanho de uma cabeça de alfinete permitiriam encher uma pilha de livros 500 vezes mais alta que a distância da terra à lua, seriam precisos milhares de “desktops” de computador para armazenar e processar essa quantidade de dados.
Mas os evolucionistas ateus querem que pensemos o seguinte:
Ah! Esse não! O DNA surgiu por acaso, sem a necessidade de um projeto e muito menos de um projetista…

 A lógica dos evolucionistas...

 
Mas as coisas não ficam por aqui e qualquer ateu evolucionista, com o mínimo de bom senso, quando confrontado com esta evidência deveria pensar que tal afirmação é verdadeiramente apelar para a estupidez humana, vejamos o seguinte artigo:

DNA – A Linguagem de Deus – análogo a um programa e programador de computador

O filósofo britânico, Dr. Antony Flew (2), foi o porta-voz principal do ateísmo militante. No entanto, as descobertas científicas dentro dos últimos 30 anos levaram-no a uma conclusão a qual não pôde evitar. Em uma entrevista em vídeo em Dezembro de 2004, ele declarou: “a superinteligência é a única boa explicação para a origem da vida e da complexidade da natureza”. O que foi muito proeminente em sua conclusão foram as descobertas de DNA. Aqui está o porquê. O DNA em nossas células é muito semelhante a um complicado programa de computador. Na foto acima, você vê que um programa de computador é composto de uma série de zeros e uns (chamado de código binário). O sequenciamento e ordenação desses zeros e uns é o que faz o trabalho de programa de computador funcionar corretamente. Da mesma forma, o DNA é composto por quatro produtos químicos, abreviado como letras A, T, G, e C. Muito parecido com os zeros e uns, estas letras são dispostas na célula humana assim:.. CGTGTGACTCGCTCCTGAT e assim por diante. A ordem em que são organizados instruí as ações da célula. O que é surpreendente é que, dentro do pequeno espaço em cada célula em seu corpo, esse código contêm três biliões de letras! Para compreender a quantidade de informação do DNA em uma célula “uma leitura ao vivo do código a uma taxa de três letras por segundo levaria 31 anos, mesmo que a leitura continuasse dia e noite”. 
Espere, há mais. Foi determinado que 99,9% do seu DNA é semelhante à composição genética de todos. O que é exclusivamente seu vem da diferença fracionaria na forma como essas três biliões de letras são sequenciadas em suas células. O governo dos EUA é capaz de identificar todos no nosso país pela disposição de um número de segurança social de nove dígitos. No entanto, dentro de cada célula sua está uma estrutura de DNA de três biliões de letras que só pertence a você. Este código identifica e continuamente instruí o comportamento de suas células.
O Dr. Francis Collins diretor do Projeto Genoma Humano (que mapeou a estrutura do DNA humano) e fundador da Fundação BioLogos, disse que se pode “pensar no DNA como um roteiro instrucional, um programa de software, baseado no núcleo da célula”. Perry Marshall, especialista em informação, comenta sobre as implicações disto. “Nunca existiu um programa de computador que não foi projetado… [seja] um código, ou um programa, ou uma mensagem dada por meio de uma linguagem, há sempre uma mente inteligente por trás disso”. Assim como o ex-ateu militante Dr. Antony Flew questionou, é legítimo perguntar-se sobre o código de três biliões de letras instruindo a célula… quem escreveu este roteiro? Quem colocou este código de trabalho, dentro da célula? É como andar ao longo da praia e ver na areia, “João ama Maria”. Você sabe que as ondas na praia não formaram isso – uma pessoa escreveu. É uma mensagem precisa. É uma comunicação clara. Da mesma forma, a estrutura do DNA é um script complexo, três biliões de letras, informando e orientando o processo da célula.
Fonte; logosapologetica.com/dna-linguagem-deus-analogo-programa-programador-computador/
 
Na verdade e sem querer complicar muito; o que sabemos é que o DNA é um código análogo a um sofisticado programa de computador e falar em evolução quando sabemos que a vida foi gerada por um código que ainda hoje a nossa inteligência não consegue entender completamente é para mim um total absurdo. Os evolucionistas querem que acreditemos que um código do mais evoluido que podemos imaginar e que pode criar vida surgiu sem que nenhuma inteligência o codificasse, peço desculpa amigos mas é simplesmente impossivel que alguém com bom senso possa acreditar em tal suposição sem se questionar e colocar todo o modelo evolutivo em causa...

“A falha básica de todas as visões evolutivas é a origem da informação que está dentro das formas de vida. Nunca foi demonstrado que um sistema em código e a informação semântica se possam criar a si mesmos num meio material. Para além disso, os teoremas da informação prevêem que isto nunca será possível e como tal, uma origem da vida puramente material está portanto impossibilitada” – Werner Gitt, Engenheiro alemão criacionista

 
Muitos podem querer proibir o Criador de existir ou fazer de conta que Ele não existe, mas na verdade as evidências da ciência atual demonstram o oposto. O incrível é que somos nós, os criacionistas, os chamados “loucos” do mundo atual por defendermos evidências como estas…
Conforme já mencionei no meu artigo;

O porquê do Mito da teoria da evolução

www.nunes3373.com/news/o-porqu%c3%aa-do-mito-da-teoria-da-evolu%c3%a7%c3%a3o/
Argumentos científicos verdadeiros, hipotéticos ou errados de forma a defender certo ponto de vista tanto evolucionistas como criacionistas podem debater, mas contra evidências assim, a lógica deveria imperar.
Mas infelizmente tal não se verifica pois aceitar o Criador e a Verdade obriga o ser humano a sair da sua zona de conforto e assumir o seu erro, orgulho e teimosia, coisa que infelizmente o ser humano não gosta de assumir, mas no final será esse assumir (ou não) que vai separar o trigo do joio…
 
Um Abraço!
 
NOTA: Hoje em dia muitos ateus e agnósticos quando confrontados com tais evidências têm sugerido que o DNA foi afinal criado por seres inteligentes extraterrestres (desde que Deus e a moral não existam para eles tudo bem). Claro que isso levanta as seguintes questões:
- Quem são esses ET`s e quem os criou a eles?
- Porque desapareceram?
- Qual o motivo da criação dos humanos?
Entre muitas outras...
Essas mesmas questões já foram analisadas por mim neste blogue (3), mas seja como for uma coisa é hoje em dia óbvia até para militantes anti-deus, O DNA FOI CRIADO E NÃO SURGIU DO NADA, e quem aceita esse fato já demonstra uma certa "evolução".
 
Saiba mais:

A Ciência prova a existência de Deus: ADN – Deus e o Design Inteligente

portugues.christianpost.com/news/a-ciencia-prova-a-existencia-de-deus-adn-deus-e-o-design-inteligente-10050/

A BÍBLIA E O PROJETO GENOMA

http://unidoscontraomundo.spaceblog.com.br/2478297/A-Biblia-e-o-Projeto-Genoma/
 

"Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis;

Porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e os seus corações insensatos se obscureceram."

Romanos 1:20-21
 
Referências:
 

(1) Reino Unido proíbe ensino do criacionismo como teoria científica em escolas pública

http://oglobo.globo.com/sociedade/educacao/reino-unido-proibe-ensino-do-criacionismo-como-teoria-cientifica-em-escolas-publicas-13019652#ixzz37YlMeKRZ

(2) Antony Flew

http://pt.wikipedia.org/wiki/Antony_Flew

(3) Jesus, a sua volta e a realidade extraterrestre - PARTE 1

www.nunes3373.com/news/jesus-a-sua-volta-e-a-realidade-extraterrestre/