Do Sionismo ao FALSO cristianismo político (A estratégia satânica de colar o cristianismo à extrema direita) (act 1)

02-11-2018 10:58
                         
      
 
Para o leitor habitual deste blogue nada do que será exposto neste artigo é uma novidade mas sim uma confirmação do que há muito aqui expomos. 
 

Os inimigos do sistema

  
 
Sabemos que o grande alvo e inimigo das elites Illuminati é o verdadeiro cristianismo, mas atacar Jesus, seus valores e ensinamentos não é propriamente tarefa fácil pois são praticamente inatacáveis quando analisados por um ponto de vista lógico, livre de dogmas ou preconceitos.
Uma das primeiras e mais usuais estratégias satânicas com esse fim foi a infiltração da religião cristã por intermédio de papas, pastores e promovidos pregadores que não eram mais que satanistas com uma agenda suja para deturpação do evangelho e muitas vezes também sujar a imagem cristã devido aos escândalos que provocavam, apesar de se dizerem muito religiosos. 
 
 
E realmente essa foi uma estratégia que deu frutos pois infelizmente muitos são os que confundem cristianismo com religião institucionalizada corrompida e, não se preocupando em ler o evangelho, foram e ainda são totalmente enganados se afastando da verdade.
 

O problema satânico para controlo total do mundo

Mas ao longo da história sempre existiram verdadeiros cristãos que souberam separar as águas e perceber que os ensinamentos de Jesus estão acima de dogmas e doutrinas humanas e também hoje os há. Mas astuto como é, Satanás, de forma sorrateira e aproveitando-se da corrupção humana, foi tomando cada vez mais controlo da sociedade e está prestes a conseguir instituir o seu tão aguardado controlo absoluto político e declarado sobre a terra: A Nova Ordem Mundial.
O único obstáculo ao seu sucesso absoluto e aceitação humana consentida são ainda os verdadeiros cristãos que expõem o seu regime assente em mentiras e falácias. E como se não bastasse, o antigo problema de atacar os ensinamentos de Jesus se mantém pois a Bíblia perdura no tempo e não consegue ser destruída.
 

A estratégia atual para destruir o cristianismo verdadeiro

Dessa forma a estratégia foi afinada para os dias de hoje e ela consiste no seguinte:
As elites, suas lacaias, que controlam a mídia e o poder financeiro mundial inicialmente promoveram na sociedade o ultraliberalismo sexual e o pecado desenfreado como normal e aceitável, depois associaram a oposição a estes como "ódio" e "preconceito" extremando posições e polarizando as sociedades. Também não deram direito de resposta ao cristianismo verdadeiro (classificando-o de fanatismo religioso e sem lugar em estados laicos), assim silenciaram toda a oposição que não fosse devidamente controlada por eles. Na área científica empurram teorias de descredibilização da existência de Deus e as tornam de ensino obrigatório no meio académico, silenciando toda e qualquer oposição às mesmas. 
No campo religioso promoveram as disciplinas orientais como a "verdadeira" espiritualidade do século XXI e vitimizaram as outras desde que não fossem cristãs e até o Islão passou a ser uma religião de paz, para que dessa forma pudessem infiltrar islamitas fanáticos e perigosos no ocidente, sendo que qualquer voz que se levante contra isto é imediatamente classificada como extremista e preconceituosa. E tudo isto com uma grande dose de desinformação e confusão à mistura, de forma a que as pessoas tenham dificuldade em saber no que acreditar...
 

O Falso cristianismo

E agora, que a última fase de implantação do seu projeto se inicia, levanta líderes com posições extremadas, que se apresentam como soluções para os exageros do ultraliberalismo de esquerda, e a sua mídia faz questão de colá-los ao cristianismo.
Dessa forma conseguem matar dois coelhos com uma cajadada só:
Mais uma vez sujam o verdadeiro cristianismo colando-o a uma posição dura, violenta nas palavras e nos atos, hipócrita e intolerante e ainda arranjam maneira de deturpar os seus verdadeiros valores que assentam no amor, misericórdia e justiça. E mais uma vez Satanás tem sucesso nesta estratégia pois além da maioria das pessoas “sem religião” desconhecer os ensinamentos de Jesus sendo facilmente manipuladas, infelizmente mesmo entre os cristãos estes líderes conseguem arranjar milhares de  adeptos que são enganados por discursos de promessa de mudança, muitas citações bíblicas e apoio de ditos pastores "evangélicos" (famosos, ricos e maçons) que enganam milhares de pessoas.

  Cartazes da campanha ‘Keep NYC Trash Free’ [Mantenha Nova York sem lixo], fundada pelos democratas, partido de Obama e Hillary. Esta usou mensagens ofensivas e bastante gráficas para mostrar sua oposição aos conservadores. imagens de estereótipos do que seriam os eleitores de Trump apareceram em adesivos colados em latas de lixo e nas estações de trem da cidade de Nova York. No cartaz vemos uma mulher segurando uma Bíblia. Nada disto é por acaso, esta é uma tentativa óbvia de ligar o cristianismo a Trump. Saiba mais sobre esta recente campanha em (1).

 
 
Conforme já escrevemos é evidente que os últimos anos para os cristãos não têm sido nada fáceis com o avançar das ideologias de esquerda e porque não dizê-lo satânicas, provocando uma reação de revolta, mas isso não deve ser razão para esquecer o discurso de Jesus que apela ao amor até aos inimigos (Lucas 6:27-28) e sempre devemos ter presente que é a Deus que compete trazer a justiça (Romanos 12:19), não a nós. O que nós devemos fazer é pregar a salvação com amor a todos, sejam essas pessoas de esquerda, direita, homossexuais, transexuais, etc, enfim a todos os pecadores.
 

Bolsonaro se diz cristão e cita a Bíblia várias vezes mas além do seu discurso ser demasiado agressivo, esquecer o Amor de Deus e o amor ao próximo é ainda conotado em toda a imprensa internacional como sendo de "EXTREMA DIREITA"(2). Ora essa associação não é inocente, ela é sim parte da estratégia para colar o cristianismo a essa infame ideologia.

 
 
Com isto não dizemos que este tipo de candidatos da nova direita não dizem algumas verdades, mas qualquer cristão sabe que basta um pouco de fermento para levedar a massa toda e homens como Trump ou mesmo Bolsonaro têm demasiada agressividade no coração para que não sejam contaminados e para que não contaminem quem deles faz um ídolo. 
 
 

  Bolsonaro está demasiado envolvido com maçons para que não seja influênciado por eles. Um verdadeiro cristão jamais deveria se involver com sociedades que apoiam as suas redes de influência no secretismo e ocultismo.

 
 
Isto para não falar nas suas cumplicidades evidentes com sociedades secretas que já por diversas vezes comentamos no site. Afinal não pode existir nenhum tipo de acordo entre luz e trevas, versiculos que muitos cristãos hoje parecem esquecer:
 
"Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?
E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?"


2 Coríntios 6:14,15
 

Sionismo, um falso cristianismo político

 
Já anteriormente abordado por nós noutro artigo (3), o movimento sionista é o grande mentor da nova ordem mundial, e para levar a cabo os seus intentos utiliza sociedades secretas como a maçonaria e sua grande influência nos sectores financeiro, político e religioso.
E um dos seus objetivos em levantar atualmente estes líderes de direita supostamente cristãos/pró-Israel tem haver com o plano Illuminati/Sionista para o controlo total de Israel e a sua entrega nas mãos do Anticristo (futuro líder da NOM). 

 A "Associação Sionista Brasil-Israel (ASBI)" declarou total apoio a Bolsonaro, veja em (4).

 
Ora para que tal aconteça é preciso destabilizar a região e armar conflitos na mesma, assim homens de guerra poderosos na liderança de grandes países alinhados com a estratégia sionista é essencial ao plano. Creio que brevemente veremos desenvolvimentos neste campo.

 

Conclusão

 
Por mais que custe a muitos cristãos estes homens que hoje estão a ser levantados como lideres mundiais não serão nenhuma solução. Eles podem até ser um paliativo temporário de uma crise de valores, mas a médio prazo vão polarizar ainda mais a sociedade e o pior de tudo é que ainda vão sujar mais uma vez o verdadeiro cristianismo, afastando almas de Jesus e dando aos perseguidores argumentos para que nos ataquem.
As pessoas devem entender que o verdadeiro inimigo das elites é o verdadeiro cristão e de forma a criar uma imagem deturpada, dura e intolerante do cristianismo nada como colar o mesmo a lideres de direita ultra conservadora agressiva.
 

 Colar o cristianismo a Bolsonaro e logo ao ódio foi algo que a mídia europeia fez questão de fazer

 
 
A Nova Ordem Mundial vai chegar vinda do caos e estes líderes são parte dessa estratégia e isso é algo que devemos ter bem presente.
A luta do cristão não deve ser de índole meramente política, ela pode existir sim no confronto de ideias ou leis mas o seu posicionamento deve transcender a politiquice humana de esquerda ou direita, pois na verdade as sociedades secretas dominam ambos os lados!
O cristão deve pregar o evangelho e seus ideais a todos os homens, mostrando que pela graça e sacrifício vicário de Cristo todos os homens podem ser salvos, sejam eles de direita ou esquerda. A nossa mensagem não deve dar azo a colagens políticas pois isso vai acirrar ódios e afastar almas do que deve ser o nosso foco principal, que é levar as boas novas de Cristo ao pecador. Satanás controla toda a política mundial e levanta estratégias inteligentes para afastar e impedir a salvação do homem e não devemos deixar que os nossos ódios de estimação nos afastem desse objetivo.
Não devemos esquecer que Jesus ama a todos os homens e o seu governo é firmado na justiça e misericórdia e é esse governo e não o de homem nenhum que devemos defender e acima de tudo dar a cara e até a vida se necessário por Ele.
Maranata
 
"Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem."

Romanos 12:21
 
 

Referências:

 
(1) Esquerda americana chama eleitores evangélicos de “lixo”
noticias.gospelprime.com.br/esquerda-americana-chama-eleitores-evangelicos-de-lixo/?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=gospelprime&fbclid=IwAR0e_mhW5scuI8jtAfEJGUitwrOUT1U8nAfCjrjPCesK-rWHm70hzbX5q5s
 
(2) Análise: Bolsonaro é visto como extrema-direita pela imprensa internacional.
 https://noticias.uol.com.br/politica/eleicoes/2018/noticias/2018/10/28/analise-bolsonaro-e-visto-como-extrema-direita-pela-imprensa-internacional.htm?cmpid=copiaecola
 
(3) Illuminati, Sionistas, são eles verdadeiramente judeus? O reino de Edom
  http://www.nunes3373.com/news/illuminati-sionistas-sao-eles-verdadeiramente-judeus-o-reino-dos-edomitas/
 
(4) Associação Sionista declara apoio a Bolsonaro
jornalhoraextra.com.br/noticias/12558-associacao-sionista-declara-apoio-a-bolsonaro/