Wikileaks, mais uma ferramenta de desinformação satânica – A PROVA

07-05-2013 11:33

                                         

Já referi por várias vezes,  que hoje em dia não acredito em nada que passa nas TV`s sem questionar, conforme já disse as TV`s assim como a mídia corporativa em geral são a maior fonte de propagação de mentiras e controle mental das forças satânicas alienígenas que dominam o ser humano.
E também já dei a minha opinião sobre Julian Assange e o seu suposto site de (des)informação alternativo wikileaks:

A palhaçada Wikileaks

http://www.nunes3373.com/news/a%20palha%c3%a7ada%20wikileaks/

 

Mas se me restava alguma dúvida que Assange, o seu site e a sua suposta perseguição eram apenas uma grande farsa, agora não tenho duvidas absolutamente nenhumas.
Não é que o próprio site wikileaks veio admitir que Assange reuniu em 2011 no reino unido com o multimilionário CEO do Google Eric Schmidt mas também com…REPRESENTANTES DO GOVERNO DOS ESTADOS UNIDOS (???!!!!!?????)

Transcript of secret meeting between Julian Assange and Google CEO Eric Schmidt

http://wikileaks.org/Transcript-Meeting-Assange-Schmidt

 

Entre eles estavam Eric Holder, actual procurador geral dos estados unidos e grande promotor das campanhas de Barack Obama:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Eric_Holder
e também Jared Cohen, que na altura era membro da secretaria do estado norte americano e servia sobre as ordens de Hillary Clinton (lembremo-nos que esta senhora foi das que mais acusou Assange na opinião pública):
http://en.wikipedia.org/wiki/Jared_Cohen
Hoje é membro do CFR, quem quiser saber mais sobre o CFR:
Os Illuminati e o Conselho das Relações Exteriores (CFR)
http://www.espada.eti.br/fagan.asp
 
Mas todos sabemos o que o governo dos EUA pensava sobre Assange e como o classificou:

EUA classificam Assange e WikiLeaks de inimigos

“Segundo o jornal australiano "Sunday Morning Herald", as forças armadas americanas classificaram Julian Assange e seu portal WikiLeaks como inimigos da nação, a mesma categoria legal usada para terroristas da al-Qaeda e do Talibã.”

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/mundo/2012/09/27/interna_mundo,399074/eua-classificam-assange-e-wikileaks-de-inimigos-diz-jornal.shtml

 

Ou seja, por um lado classificam Assange nos mídia como um inimigo ao nível da Al qaeda e pedem a sua extradição mas por outro reúnem amigavelmente para discutir ideias para um livro:
Encontro secreto entre Wikileaks e Google
“Discutiram-se ideias para o livro 'O novo Mundo Digital', que será lançado na próxima terça-feira.”
http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/encontro-secreto-entre-wikileaks-e-google
A notícia acima é obtida de um jornal de grande tiragem e parece querer fazer parecer que tudo isto é perfeitamente normal, mas sinceramente isto é tudo menos normal, pelo menos deveria ser até para o mais desinformado ser humano em matéria de conspiração…
Pois para mim é só mais uma prova que Assange e o seu wikileaks são apenas mais uma arma de desinformação.
Monta-se uma palhaçada circense nas TVs como se este senhor tivesse divulgado grandes coisas que mudaram o mundo e ameaçam a segurança nacional dos EUA, e os tolos acreditam.
Meus amigos o wikileaks NUNCA trouxe nada de mais e aqui temos mais uma prova que afinal as coisas não são bem o que nos dizem.
No meu entender o Sr. Assange é mais um desinformador a soldo e esta noticia mais uma na senda do “com a verdade me enganas”, é que no fundo eles querem que a verdade esteja por aí para que possam condenar as almas dos tolos, pois eles sabem que nem assim os tolos e duros de coração abrem os olhos…

E para terminar apenas uma curiosidade, o multimilionário Eric Schmidt CEO da Google que esteve presente na reunião com Assange e que é um grande apoiante de Obama :
(Presidente do Google anunciou ontem apoio a Barack Obama
http://cristovaopereira.blogspot.pt/2008/10/presidente-do-google-anunciou-ontem.html)
parece gostar de reunir com os seus supostos “inimigos”, por exemplo no início do ano viajou até à coreia do norte com o ex-governador americano Bill Richardson supostamente para negociar a libertação de um preso:

Polémica: patrão da Google aterra na Coreia do Norte

http://www.tvi24.iol.pt/internacional/google-coreia-do-norte-eric-shmidt-bill-richardson/1407448-4073.html
Huuummmm, sei...
É como sempre vos digo, notícias nas TV`s com grande mediatismo como foram as que envolveram Julian Assange, são de certeza lavagem cerebral, questionem tudo!
Abraço!